Seja muito bem-vinda/e/o à Rede Comuá!

Vem aí o Mês da Filantropia que Transforma 2024!

Vem aí o Mês da Filantropia que Transforma 2024!

Foto: Rede Comuá

Em setembro de 2024, a Rede Comuá junto às organizações membro realizarão mais uma edição do Mês da Filantropia que Transforma, envolvendo parceiros estratégicos e financiadores. Este é o segundo ano em que a Comuá promove um mês inteiro dedicado a travar debates e refletir sobre práticas de filantropia comunitária e de justiça socioambiental.

Em 2023, o foco dessa iniciativa de incidência teve por objetivo dar visibilidade à  diversidade de práticas e experiências relacionadas a essas agendas. Os resultados foram bastante expressivos:a programação contou com 33 atividades, totalizando 168 horas de programação, 16 encontros online, 11 atividades presenciais e seis campanhas digitais. O que indica que houve um envolvimento significativo de um conjunto diversos de atores, alcançando capilaridade nas ações desenvolvidas. O público atingido foi muito diverso, tornando o mês um movimento inclusivo e democrático, contabilizando duas mil participações – online e presenciais -, 29 produtos elaborados e/ou lançados.

Foram abordadas 20 agendas temáticas ligadas à filantropia comunitária e de justiça socioambiental. Ao todo, 114 organizações se envolveram com a realização do Mês como proponentes de atividades e/ou parceiros.

A campanha de comunicação alcançou, em plataformas/canais de mídias tradicionais, pelo menos 8,4 milhões de pessoas em diferentes regiões do país. Por meio de plataformas e canais próprios, a campanha realizada pela Comuá e seus membros alcançou 175 mil contas no Instagram, 1,9 mil no Facebook, 1 mil assinantes no Linkedin e 386 visualizações no Youtube.

Mês da Filantropia que Transforma 2024

Em 2024, o foco do Mês terá como eixo temático central soluções climáticas locais, com a finalidade de dar visibilidade às ações promovidas e desenvolvidas pelas organizações membro numa agenda prioritária e urgente, colocando o foco na questão do financiamento

A filantropia pode ter um papel importante na questão climática ao doar para que as soluções propostas e desenvolvidas por quem mais sofre os efeitos da mudança climática (que são também, em grande parte, aqueles que mais contribuem para sua mitigação) sejam implementadas e transformem as realidades nas quais foram geradas.

Esse é o convite do Mês da Filantropia que Transforma: demonstrar como as organizações doadoras da filantropia comunitária e independente garantem que os recursos cheguem a esses grupos para que implementem soluções e tenham mais resiliência para enfrentar o cenário de eventos extremos do clima. 

Em breve, a Rede Comuá divulgará mais informações sobre como participar da programação do Mês.

CONTINUE LENDO

Tecendo redes de direitos e de confiança: apoiar mídias comunitárias é urgente e estratégico
Tecendo redes de direitos e...
4 de julho de 2024
Por que precisamos ampliar o financiamento para organizações LGBTQIAPN+?
Por que precisamos ampliar ...
28 de junho de 2024
CAPA_BLOG-post-cese-na-comua
CESE é o novo membro da Red...
22 de junho de 2024
Rede Comuá lança publicação sobre filantropia e comunicação comunitária
Rede Comuá lança publicação...
22 de junho de 2024
Carregando mais matérias....Aguarde!