Seja muito bem-vinda/e/o à Rede Comuá!

Guia para Justiça Climática – tecnologias sociais e ancestrais de enfrentamento ao racismo ambiental na Região Metropolitana do Rio de Janeiro

A primeira edição do Guia para Justiça Climática busca sistematizar esquematicamente as experiências de práticas, soluções e tecnologias sociais e ancestrais desenvolvidas em nossos bairros, favelas e periferias ignoradas pelo poder público, no enfrentamento aos desastres climáticos através de estratégias de adaptação e/ou mitigação dos impactos ambientais sofridos por quem menos contribui para as mudanças climáticas. Essa construção, que conta com a parceria de pessoas e organizações apoiadas pelo Fundo Casa Fluminense, lideranças de Agendas Locais 2030 e da Rede Favela Sustentável, também busca estimular a multiplicação dessas experiências entre lideranças e movimentos com o desejo de atuação no tema da justiça climática, apoiar estrategicamente ações de monitoramento e incidência local de políticas públicas na temática, ser material base para aulas, cursos, oficinas, circuitos e rodas de conversas territorializadas e ampliar o entendimento sobre os conceitos de racismo ambiental e justiça climática na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Organização: Casa Fluminense Tags: Casa Fluminense; Rio de Janeiro; Justiça climática; Soluções e tecnologias sociais e ancestrais; Racismo ambiental

CONTINUE LENDO

Publicação sobre comunicação comunitária e filantropia será lançada em junho
Publicação sobre comunicaçã...
24 de maio de 2024
Medir o que Importa é político!
Medir o que Importa é polít...
24 de maio de 2024
O que a filantropia comunitária e de justiça socioambiental nos ensinam sobre mobilização para tragédias climáticas
O que a filantropia comunit...
24 de maio de 2024
A escassez de financiamento direto e flexível para direitos humanos no Sul e Leste globais: reflexões sobre o cenário brasileiro
A escassez de financiamento...
24 de maio de 2024
Carregando mais matérias....Aguarde!